top of page

Encruzilhadas da ALMA

Olhando para trás revejo tantas encruzilhadas, aparentes becos sem saída, escolhas difícies, danos colaterais, dias de medo a aprisionar a alma e às vezes o corpo e a manifestação. Medo, angústia, e o peso das escolhas e da falta delas, o drama.

E depois, do outro lado veio o tempo que trouxe com ele uma solução. Boa ou má, ela chegou sempre.

Enquanto isso o tempo transforma-se em décadas, e o peso das escolhas, ou da falta delas, torna-se mais pesado, ou pelo contrário dilui-se em novos acordos com essas criaturas ora ruidosas, ora amorosas e silenciosas que vivem dentro da cabeça.

Mas a Vida encontra sempre uma forma de se superar a si mesma, e de seguir caminho.

Por isso me espanto com esta tecnologia mais-que-perfeita que fareja, tacteia, negoceia, partilha, ilude, calcula, escuta, comunica, e permanece, mesmo contra todas as probabilidades. Porque se move por algo tão grandioso, tão misterioso, e tão precioso, e nisso basta-se a si mesma. E por isso temos tanto, tanto que voltar a sentir, a ouvir, a provar, a ver e a cheirar.

A vida é uma benção. As soluções virão, no tempo certo, fruto da resilência, do foco, da intenção, da ação, da cooperação, ou da rendição. Mesmo que por vezes seja necessário romper a pedra dura, beber como quem sorve o ar em pequenas bolhas de inspiração. E um dia, sem querer, o sol da manhã faz-nos de novo festas, como quem abençoa um recem nascido.


Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
Posts Em Destaque
Verifique em breve
Assim que novos posts forem publicados, você poderá vê-los aqui.
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page